O que é a Naturopatia?

A história da naturopatia não é nova e são vários os benefícios reconhecidos a esta medicina complementar e alternativa (como é designada pela Organização Mundial de Saúde – OMS).

A forma moderna de naturopatia pode ser rastreada para o século 18-19 como sistema de cura natural. Tais sistemas incluem hidroterapia (tratamento de água), o qual era muito popular na Alemanha e na cura da natureza, desenvolvido na Áustria, com base na utilização de alimentos, ar, luz, água, e ervas no tratamento de doenças. 

Benjamin Lust, um imigrante alemão, introduziu pela primeira vez naturopatia nos Estados Unidos em 1902, quando fundou a Escola Americana de Naturopatia. A escola enfatizou o uso de curas naturais, hábitos intestinais adequados e de higiene como ferramentas para a saúde. Esta foi a primeira vez que os princípios de uma dieta saudável, como o aumento da ingestão de fibras e reduzindo gorduras saturadas. Em meados de 1920 a 1940, o uso da medicina naturopata diminuiu. 

Foi até 1960 que a naturopatia de estilo medicina holística tornou-se popular novamente. Hoje, naturopatas são licenciados prestadores de cuidados de saúde. Eles oferecem uma variedade de terapias naturais, incluindo vitaminas, homeopatia e suplementos minerais, Medicina Tradicional Chinesa, técnicas de relaxamento e remédios à base de plantas.

A existência da naturopatia remonta ao século XIX, mas foi apenas nos anos 80 que a sua utilização se tornou mais notória em Portugal. Aliás, foi nessa década que surgiu a formação de especialistas desta área no nosso país.

Mais recentemente, em 2003, e juntamente com outras áreas (como a homeopatia, acupuntura ou a fitoterapia) a naturopatia passou a ser reconhecida pelo estado português como medicina natural, desde 2003. De forma simples, esta medicina natural pretende prevenir e tratar as doenças recorrendo apenas ao uso de substâncias naturais (ou plantas medicinais).

De facto, a naturopatia não utiliza produtos de síntese química.

” Naturopatia ou medicina naturopata, é um sistema de medicina baseado no poder de cura da natureza. Naturopatia é um sistema holístico, ou seja, os médicos naturopatas esforçam-se para encontrar a causa da doença pela compreensão do corpo, mente e espírito da pessoa. A maioria dos médicos naturopatas usam uma variedade de terapias e técnicas (como a nutrição, a mudança de comportamento, fitoterapia, homeopatia, quiroprática, osteopatia, digitopunctura, somato emocional e acupunctura). 

Há duas áreas de foco em naturopatia: uma é apoiar as habilidades de cura do corpo próprio, e o outro é capacitar as pessoas para fazer mudanças de estilo de vida necessárias para a melhor saúde possível. Enquanto os médicos naturopatas tratam através de sessões curtas da doença e condições crónicas  sua ênfase é na prevenção da doença e educar pacientes.

Esta medicina alternativa e complementar divide-se em três áreas:

  1. Preventiva
  2. Curativa
  3. Educativa

Ou seja, na naturopatia a prevenção assume um papel tão importante quanto a cura. A ideia passa muitas vezes por “ensinar” o organismo a curar-se. No fundo, a naturopatia procura encontrar as causas da doença através da compreensão do corpo, mente e espírito do paciente, podendo incluir várias terapias desde a mudança de comportamentos ou a alterações alimentares, por exemplo.

O que pode tratar?

São várias as patologias ou sintomas que podem ser tratados através da naturopatia,

  1. Má circulação
  2. Dores menstruais
  3. Doenças reumáticas
  4. Problemas gastrointestinais
  5. Excesso de peso
  6. Gripes e constipações
  7. Problemas de pele (como acne ou psoríase)
  8. Anemia

O que devo esperar de um naturopata?

Uma visita a um médico naturopata será semelhante a uma visita ao seu médico de família. O médico irá tomar uma história muito completa, perguntando sobre sua dieta, estilo de vida, estress e exposições ambientais. Em seguida, irá fazer um exame físico, o que pode exigir testes de laboratório. Além dos testes convencionais, o pode usar técnicas de laboratório exclusivos, tais como a análise abrangente digestivo. Este teste permite que os naturopatas examinem o seu processo digestivo, assim como ver quais nutrientes que seu corpo está absorvendo, entre outras coisas. 

Estes médicos tratam a pessoa como um todo, o que significa que eles consideram uma série de fatores antes de diagnosticar uma doença. Um naturopata pode olhar para o seu estado mental, emocional e espiritual, a sua dieta, a sua história familiar, o seu ambiente e seu estilo de vida antes de fazer um diagnóstico.

Alguns dos tratamentos mais comuns utilizados por um naturopata incluem:

  • O aconselhamento nutricional 
  • Fitoterapia;
  • A medicina homeopática ;
  • Acupunctura;
  • Osteopatia;
  • Quiroprática;
  • Digitopunctura;
  • Libertação Somato Emocional etc.
  • A hidroterapia (tratamento de água) – Essas terapias incluem beber água de nascente natural, tomar banho, alternando aplicações quentes e frios, e exercícios na água, os quais são pensados para estimular a cicatrização e fortalecer o sistema imunológico. 
  • Medicina física – Esta abordagem natural para a cura envolve o uso de toque, quente e fria, compressas, correntes elétricas, e as ondas sonoras para manipular os músculos, ossos e coluna vertebral. 
  • Desintoxicação – Esta terapia remove as toxinas do corpo pelo jejum, usando enemas, e beber muita água. 
  • Espiritualidade – o desenvolvimento espiritual da pessoa é incentivada como parte de um programa global de saúde. 
  • Estilo de vida e aconselhamento psicológico – Um naturopata pode usar a hipnose, imaginação guiada, ou outros métodos de aconselhamento como parte de um plano de tratamento. 

Naturopatas consideram seus pacientes a ser participantes de sua saúde, de modo que você possa ser convidado a fazer mudanças de estilo de vida, como mudar o seu dormir, comer, e os hábitos de exercício. 

Quais são as doenças e condições que respondem bem a naturopatia

É difícil destacar doenças específicas que respondem bem à naturopatia. Naturopatas tratam doenças agudas e crónicas da artrite a infecções do ouvido, de HIV a asma, de insuficiência cardíaca congestiva à hepatite. A naturopatia trata a pessoa como um todo, e não apenas como o tratamento de uma doença ou os seus sintomas, com o objectivo de ajudar seus pacientes a manter um estado de equilíbrio de boa saúde. Devido a esta abordagem holística, a naturopatia pode ser especialmente adequado para o tratamento de doenças crónicas. 

Há algo que eu deva saber?

Certifique-se de deixar o seu médico saber sobre qualquer tratamento naturopata, e deixe seu naturopata saber sobre os medicamentos convencionais você está tomando. Alguns tratamentos podem interagir uns com os outros, e os seus profissionais de saúde serão mais capazes de tratá-lo se eles conhecerem todos o que você está usando. Não tome doses elevadas de nutrientes e ervas, sem a supervisão do seu naturopata, por causa dos potenciais efeitos tóxicos e drogas e ervas interações. Por favor, consulte as monografias sobre ervas e suplementos individuais para obter informações detalhadas. Certifique-se de que o seu médico aprova grandes mudanças em sua dieta (especialmente nos muito jovens, idosos e pessoas com certas condições médicas, como diabetes).”